Reflexão: A importância do compromisso e suas responsabilidades

10/04/2017

-
Hey, gente!!!

Hoje eu trouxe uma reflexão que fala um pouco sobre a importância e a responsabilidade de assumirmos um compromisso com outra pessoa.

Bom, quando a gente fala sobre compromisso, precisamos ter em mente que se comprometer significa se tornar responsável por algo. Ou seja, quando falamos sobre compromisso dentro de um relacionamento, devemos ter em mente as responsabilidade que um relacionamente exige.


Quando começamos a namorar, a gente assume um compromisso. Quando noivamos, também assumimos um compromisso. E quando casamos também! Agora, o que existe de diferente entre as fases de um relacionamento são justamente as responsabilidades que cada uma delas traz.

O casamento em si é o maior compromisso que duas pessoas podem empenhar entre si. Ele exige responsabilidades que deverão ser levadas e consideradas até o final da vida de um dos cônjuges. O casamento em si é o passo mais sério e de maior comprometimento que um casal dá.


Quando estamos namorando ou noivos, o compromisso existe, porém pode ser finalizado a qualquer momento. Quando nos casamos, é vital termos em mente que terminar um casamento deve ser a última das últimas alternativas. Casamento é um compromisso que deve (ou pelo menos deveria) ser levado até que a morte separe o casal. Porém, devido à dureza de muitos corações, o mais importante compromisso entre homem e mulher tem chegado ao fim em pouco tempo.

Gente, compromissos exigem entrega, doação, rendição etc. E, infelizmente, hoje em dia pouco se tem considerado sobre a importância e a seriedade de um compromisso matrimonial. E tudo começa no namoro, onde limites são ultrapassados e benefícios conjugais são ganhados sem o comprometimento matrimonial. As pessoas querem usufruir de benefícios, mas não querem arcar com responsabilidades.

A gente precisa entender que casar vai muito além de festa. Se casar com alguém é entrar de corpo e alma em um relacionamento que vai precisar de muito esforço e dedicação para dar certo. Fazer os votos não tem que ser algo pensado para emocionar aos convidados, mas sim para ser o compromisso de um com o outro para o resto de uma vida conjugal.


Se você está noiva ou namorando apenas para ser feliz, eu te digo que você está dando passos rápidos para um casamento que pode acabar bem rápido. Ninguém tem que se relacionar com outra pessoa para ser feliz, mas nós devemos nos relacionar com outra pessoa para acrescentar ainda mais felicidade à vida dela. Aliás, neste post AQUI eu falei bastante sobre o assunto. Vale ler!

O pensamento moderno de que se nós não estamos felizes em nossos casamentos devemos largar o compromisso e partir para outro é completamente fútil e cheio de quebra de responsabilidade. A gente precisa voltar à essencia de se concertar o que está quebrado, e lutar para cumprir com os votos feitos no altar.


Quando a gente escolhe se casar, precisamos ter em mente que o compromisso deve ser visto como algo levado até que a morte nos separe. Antes de dizer sim é preciso avaliar o caráter do parceiro. Devemos analisar as atitudes, o comportamento, o temperamento, a dedicação entre muitos outros aspectos que envolvem a pessoa com a qual queremos nos casar e as pessoas com as quais ela se relaciona.

Gente, casamento não é brincadeira. Casamento é coisa séria, e que traz cicatrizes enormes para a vida de quem se divorcia.


Pensem bem se o relacionamento de vocês deve se transformar em um compromisso matrimonial, e analisem se ambas as partes estão dispostas a arcar com as responsabilidades que um casamento exige.

Ah! Deixem seu comentário sobre o post :)

0 comentários:

Postar um comentário

 
instagram
Pesquisas de Noiva Layout por Bárbara Lara | Programação por Onze Web.