Quantos doces comprar por convidado?

26/04/2017

-
Hey, gente! Tudo bem?

Hoje eu trago pra vocês um post falando um pouco mais sobre qual a quantidade de doces indicada para cada tipo de casamento. Desde um casamento mais simples até um casamento mais "luxuoso".

Quando a gente fala de doces finos para casamento, precisamos levar em consideração o orçamento disponível e também o número de convidados. Ah! E também o histórico e perfil dos convidados, pois isso vai influenciar na quantidade de doces.

Foto: Guilherme Pontes
Pra você ter uma mesa bonita e para que os convidados possam degustar os doces, a quantidade indicada é entre 3 e 4 doces por pessoa. Porém, vale lembrar que esse número é apenas para não deixarmos os convidados sem doce, pois é bem provável que os doces irão acabar e não haverá reposição.

Agora, se você quer uma mesa bonita e também que seus convidados possam comer um pouco mais de docinhos finos, a média fica entre 5 e 7 doces. Dessa maneira, eles irão conseguir provar os doces e até repetir, caso haja uma reposição.

E por último, se vocês quer uma mesa sempre bonita e farta, compre a partir de 8 doces por convidado, pois dessa forma a reposição acontecerá e a mesa sempre estará cheia. Além do fato dos convidados poderem provar de todos os doces sem que eles acabem.

Foto: Guilherme Pontes
Agora, é super importante lembrar que a quantidade de doces por convidado é diferente da quantidade de variedade de doces, ou seja, uma mesa bonita não precisa estar lotada de doces, porém a composição com doces variados irá ajudar muito!

Então, o indicado é ter uma variedade de pelo menos 5 doces. Assim, vocês podem escolher entre doces com chocolate, com frutas e brigadeiros gourmet. E se vocês optarem por colocar mais do que 5 tipos de variedade, é sempre muito bacana identificar qual é o sabor do doce, pra evitar disperdício.

Neste post AQUI eu contei um pouco sobre os docinhos do meu casamento e quais foram as quantidades e variedades que eu escolhi.

Vocês podem também ver o vídeo que eu gravei dando essas dicas. Deixem seus comentários e dúvidas!!!


Passar ou a não a gravata no casamento?

20/04/2017

-
Hey, gente!

Já recebi várias mensagens de noivas super em dúvida sobre passar ou não a gravata na festa de casamento. Como nós já sabemos, o corte da gravata é algo bem tradicional aqui no Brasil, e em praticamente todos os casamentos que eu vou ele acontece.

Foto: Guilherme Pontes
Por outro lado, cortar a gravata no casamento também pode ser algo bem desconfortável para os convidados, se isso não for feito com bom senso.

No vídeo a seguir eu contei um pouco sobre a minha experiência cortando a gravata no meu casamento. E também falei um pouco sobre alguns pontos que precisam ser levados em condiração antes de se optar por realizar a brincadeira na festa de casamento.

Espero pelos comentários de vocês me falando o que acham de passar a gravata no dia do casamento!


Crianças em casamento

17/04/2017

-
Hey, gente!!!

Semana passada começamos uma nova fase no canal do blog no YouTube. Agora teremos vídeos novos todas as quartas-feiras :) Então, inscreva-se no nosso canal e fique por dentro de todas as novidades!

Eeeee, o primeiro vídeo dessa nova fase foi ao ar e teve como tema crianças em casamento. Eu falei bastante sobre a importância de nós nos lembrarmos delas, e pensarmos em um cantinho especial, onde elas possam se divertir e se animar.



É muito importante que as crianças se sintam a vontade em uma festa de casamento, pois dessa forma os pais vão poder ficar tranquilos e aproveitar da melhor maneira tudo o que vocês preparam para eles.

Vocês podem optar por contratar uma empresa de recreação infantil, assim como podem comprar por conta própria materiais para montar um cantinho para as crianças. E esse cantinho pode conter massinha, giz de cera, desenhos para colorir, massinha, brinquedos etc. O bacana é ter ao menos uma pessoa para tomar conta das crianças, assim elas ficarão sob a supervisão de um adulto e os pais ficarão tranquilos.

Mas, vou deixar o vídeo aqui abaixo, assim vocês podem assistir e ver o que pensam sobre o assunto :)


Reflexão: A importância do compromisso e suas responsabilidades

10/04/2017

-
Hey, gente!!!

Hoje eu trouxe uma reflexão que fala um pouco sobre a importância e a responsabilidade de assumirmos um compromisso com outra pessoa.

Bom, quando a gente fala sobre compromisso, precisamos ter em mente que se comprometer significa se tornar responsável por algo. Ou seja, quando falamos sobre compromisso dentro de um relacionamento, devemos ter em mente as responsabilidade que um relacionamente exige.


Quando começamos a namorar, a gente assume um compromisso. Quando noivamos, também assumimos um compromisso. E quando casamos também! Agora, o que existe de diferente entre as fases de um relacionamento são justamente as responsabilidades que cada uma delas traz.

O casamento em si é o maior compromisso que duas pessoas podem empenhar entre si. Ele exige responsabilidades que deverão ser levadas e consideradas até o final da vida de um dos cônjuges. O casamento em si é o passo mais sério e de maior comprometimento que um casal dá.


Quando estamos namorando ou noivos, o compromisso existe, porém pode ser finalizado a qualquer momento. Quando nos casamos, é vital termos em mente que terminar um casamento deve ser a última das últimas alternativas. Casamento é um compromisso que deve (ou pelo menos deveria) ser levado até que a morte separe o casal. Porém, devido à dureza de muitos corações, o mais importante compromisso entre homem e mulher tem chegado ao fim em pouco tempo.

Gente, compromissos exigem entrega, doação, rendição etc. E, infelizmente, hoje em dia pouco se tem considerado sobre a importância e a seriedade de um compromisso matrimonial. E tudo começa no namoro, onde limites são ultrapassados e benefícios conjugais são ganhados sem o comprometimento matrimonial. As pessoas querem usufruir de benefícios, mas não querem arcar com responsabilidades.

A gente precisa entender que casar vai muito além de festa. Se casar com alguém é entrar de corpo e alma em um relacionamento que vai precisar de muito esforço e dedicação para dar certo. Fazer os votos não tem que ser algo pensado para emocionar aos convidados, mas sim para ser o compromisso de um com o outro para o resto de uma vida conjugal.


Se você está noiva ou namorando apenas para ser feliz, eu te digo que você está dando passos rápidos para um casamento que pode acabar bem rápido. Ninguém tem que se relacionar com outra pessoa para ser feliz, mas nós devemos nos relacionar com outra pessoa para acrescentar ainda mais felicidade à vida dela. Aliás, neste post AQUI eu falei bastante sobre o assunto. Vale ler!

O pensamento moderno de que se nós não estamos felizes em nossos casamentos devemos largar o compromisso e partir para outro é completamente fútil e cheio de quebra de responsabilidade. A gente precisa voltar à essencia de se concertar o que está quebrado, e lutar para cumprir com os votos feitos no altar.


Quando a gente escolhe se casar, precisamos ter em mente que o compromisso deve ser visto como algo levado até que a morte nos separe. Antes de dizer sim é preciso avaliar o caráter do parceiro. Devemos analisar as atitudes, o comportamento, o temperamento, a dedicação entre muitos outros aspectos que envolvem a pessoa com a qual queremos nos casar e as pessoas com as quais ela se relaciona.

Gente, casamento não é brincadeira. Casamento é coisa séria, e que traz cicatrizes enormes para a vida de quem se divorcia.


Pensem bem se o relacionamento de vocês deve se transformar em um compromisso matrimonial, e analisem se ambas as partes estão dispostas a arcar com as responsabilidades que um casamento exige.

Ah! Deixem seu comentário sobre o post :)

Inspiração: Convites de luxo de casamento

06/04/2017

-
Hey, gente!!!

Hoje o assunto é bem bacana! Touxe para vocês algumas opções de convite de casamento para quem planejar uma festa tradicional e elegante!

Eu procurei na internet algumas opções de convites de luxo para quem quer manter o tradicional no casamento.

Vale lembrar que o convite de casamento seeeeeempre precisa combinar com o estilo e perfil da festa, ou seja, se o seu casamento vai ser algo mais simples, nem sempre vale a pena investir tanto em um convite mais luxuoso. Talvez valha a pena investir em algo mais rústico, ou mais criativo.

Os elementos que vão ajudar muito a deixar o convite mais luxuoso são: Papel do envelope, corte do envelope, papel do convite, fonte do convite e os acabamentos.

Quando a gente pensa em convite, precisamos ter em mente que ele é o primeiro contato do convidado com a sua festa de casamento, por isso, ele tem um papel super importante. Pesquise muito antes de fechar o seu modelo. Reveja o conceito da sua festa e lembre de analisar se o convite condiz com ela.

Aqui abaixo eu deixo alguns dos modelos que eu mais gostei para convites tradicionais e elegantes. Espero que gostem e que eles inspirem muito vocês! Me digam o que acharam :)

Foto: Conviteria Santa Cruz
Foto: Conviteria Santa Cruz

Foto: Conviteria Santa Cruz

Foto: Conviteria Santa Cruz
Foto: Papel e estilo

Foto: Papel e estilo
Foto: Laços e Rendas Convites

Foto: Laços e Rendas Convites
Foto: About Love
Foto: Papel e Estilo

Foto: Papel e Estilo


Reflexão: Sendo cúmplices diante de terceiros

03/04/2017

-
Hey, gente!

Hoje eu trago para vocês uma importante reflexão. É um assunto um tanto quanto delicado, mas que não deve ser ignorado de forma alguma.

Vou começar deixando algumas perguntas: Vocês brigam na frente de outras pessoas? Vocês falam mal um do outro na frente de outras pessoas? Vocês fazem piadas pejorativas sobre o seu parceiro diante de outras pessoas?

Querendo ou não, a pessoa com a qual escolhemos passar o resto das nossas vidas é o nosso maior cúmplice. É com essa pessoa que dividimos a cama, a casa, e uma vida. Por isso, respeitar e preservar essa pessoa é algo vital para um relacionamento saudável.

Existe um versículo em Tito que nos diz o seguinte, não caluniem ninguém, sejam pacíficos, amáveis e mostrem sempre verdadeira mansidão para com todos os homens. (Tt 3:2).



O que eu quero começar dizendo a vocês é que por mais tentador que seja fazer piada da comida que o seu parceiro faz, por mais legal que possa parecer fazer alguma piada relacionada a algo de errado que a pessoa já tenha feito, não é sábio o fazer.

Nós precisamos entender que somos nós que vamos preservar a imagem do nosso cônjuge. Se nós, que devemos ser o seu maior cúmplice e aliado, nos permitirmos fazer zombarias e brincadeiras sem graça, estamos dando uma enorme abertura para a mágoa e o rancor. E não achem que isso é exagero, pois não é!

Em Provérbios a gente lê o seguinte versículo: O homem perverso provoca dissensão, e o que espalha boatos afasta bons amigos. (Pv. 16:28).

Ou seja, por mais engraçado que possa parecer fazer uma piada sobre o seu cônjuge, é importante ter consciência de que isso pode gerar brigas e desentimentos. Afinal, quem é que gosta de ser o motivo da risada alheia quando o motivo da risada é um deboxe?

A gente tem que entender que o nosso parceiro é a pessoa que mais precisamos defender. É com ele que iremos caminhar até o final das nossas vidas, e ser cúmplice significa apoiar, suportar e preservar. A gente não pode expor ao ridículo quem a gente ama, por mais "engraçado" que possa parecer a piada.

A minha dica é: Defenda quem você ama. Não exponha ao ridículo essa pessoa, preserve a sua imagem. Elogie sempre que possível, fale bem dela para os outros. Pois, quem é que não gosta de ser elogiado?



Não plantem a semente da tristeza, amargura e rancor no coração de quem vocês amam por causa de um comentário difamatório. Sejam cúmplices na frente dos outros, e resolvam entre quatro paredes as atitudes que não aprovam um no outro. Expor a falha do parceiro é humilhá-lo em público, e é completamente inapropriado para a saúde do relacionamento.

Há palavras que ferem como espada, mas a língua dos sábios traz cura. (Pv. 12:18)

Com o versículo a cima a gente aprende que reclamar da falta de dinheiro, dos problemas na faculdade, da conta esquecida, da multa de trânsito, entre outros tantos problemas que o seu companheiro possa enfrentar não deve ser falado para outras pessoas. Pois expor dessa forma os defeitos do seu cônjuge só trará tristeza, humilhação e rancor ao coração. E como levar a diante um relacionamento onde existe tanta mágoa?

A conversa do insensato traz a vara para as suas costas, mas os lábios dos sábios os protegem. (Pv. 14:3)

Quando a gente fala o que não deve, acaba plantando terríveis reações. Quando a gente expõem as falhas e dificuldades dos nossos parceiros, estamos tendo a certeza de que iremos colher desentendimento e brigas. Afinal, quem é que gosta de ter suas fraquezas expostas aos quatro ventos?

O zombador busca sabedoria e nada encontra, mas o conhecimento vem facilmente ao que tem discernimento. (Pv 14:6)

De que adianta a gente buscar ter um relacionamento saudável e feliz se agimos de forma completamente egoísta? Precisamos ter sabedoria ao falar dos nossos cônjuges para outras pessoas, pois isso é algo vital para a saúde de nossos relacionamentos.



Por fim, pensem muito antes de expor as dificuldades do seu parceiro para outras pessoas. Essa ação pode trazer tristes consequências para o seu relacionamento. Sejam sábias e edificadoras! Fujam das conversas que não trazem benefício algum. Preservem a imagem de seus companheiros, e resolvam entre vocês os problemas que estão incomodando.

Lembrem que um relacionamento saudável exige cumplicidade!
 
instagram
Pesquisas de Noiva Layout por Bárbara Lara | Programação por Onze Web.