"Quando eu percebi que era você"

12/03/2015

-
Para começar esta quinta-feira, de maneira romântica, gostosa e diferente aqui no blog, trago este poema, que vale ser lido até o final.

Foto: David Olkarny


Quando eu percebi que era você

Não foi surpresa

Percebi que era você quando comecei a abrir exceções
Quando quis abrir mão de tantas outras paixões
Quando quis te incluir nos meus próximos verões
Quando cansei de querer proteções, de tentar fazer distinções, de ter medo de projeções.
Percebi que era você quando perdi aquela vergonha
Quando ri com sua baba na minha fronha
Quando a rotina não me pareceu tão medonha

Foto: Daryn Bartlett
Quando as férias foram boas mesmo sem passagem para Bolonha, Borgonha, Fernando de Noronha
Percebi que era você quando passei a confiar no destino
Quando pude falar de problemas de intestino
Quando comemorei por você não ser leonino
Quando soube que te amaria de qualquer jeito: girondino ou jacobino e até mesmo argentino
Percebi que era você quando parei de me sentir paradoxal
Quando não achei mau o seu hálito matinal
Quando fiz piada sobre a situação do meu abdominal
Quando quis assistir com você: Germinal, Atividade Paranormal, Super Xuxa Contra o Baixo Astral
Percebi que era você quando parei de depender da sorte
Quando um dia me flagrei com medo da sua morte
Quando quis segurar juntos os nossos passaportes
Quando nos vi felizes ao som de Pavarotti, de Slipknot, nos refrões do Grupo Pixote
Percebi que era você quando a cama ficou grande demais
Quando vi meu passado ficando para trás


Foto: Chris Sardegna


Quando pensei em fugir, mas fui incapaz
Quando não nos comparei com outros casais, quando percebi meu peito em paz e ainda assim, queria mais
Percebi que era você quando vi despertar o melhor de mim
Quando vi que o melhor possível já é assim
Quando pensei em nós e tinha cheiro de jasmim

Quando me dei conta de que quero cultivar nosso jardim, escrever os nossos nomes em mandarim e viver uma história que não tenha medo do fim.


Foto: Gerard Moonen

Fonte: AQUI






2 comentários:

  1. Que lindo, texto lindo. Amei seu blog, principalmente para mim e meu amor que estamos pensando em casar!

    http://www.allfashioon.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Quando me dei conta de que quero cultivar nosso jardim, escrever os nossos nomes em mandarim e viver uma história que não tenha medo do fim. <3

    ResponderExcluir

 
instagram
Pesquisas de Noiva Layout por Bárbara Lara | Programação por Onze Web.